06 set 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
15:39min. 
 em 
Serra diz que Receita retarda apuração da quebra de sigilo de sua filha

O candidato à Presidência pelo PSDB, José Serra, voltou a afirmar nesta segunda-feira que a Receita Federal tem atrasado as investigações sobre a quebra do sigilo fiscal de cinco pessoas ligadas a ele, como sua filha, Verônica Serra.

A Receita tem feito uma operação abafa. Por exemplo, eles sabiam que a procuração que havia para retirar os dados sigilosos da minha filha, no caso, era falsa… (Eles) ganharam tempo em cima disso“, disse o candidato durante sabatina realizada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Na verdade, eles têm tentado, desde o começo, atrapalhar a investigação, a elucidação daquilo que estava acontecendo“, complementou.

Serra voltou a afirmar que a candidata do PT, Dilma Rousseff, vive “na sombra” do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e disse que a adversária esconde seu passado.

A Dilma Rousseff vive à sombra de Lula… ela sequer debate o tema da campanha. Quem debate por ela parece ser o Lula“, afirmou.

Não conheço casos de ocultamento como esse. É o ocultamento biográfico até junto ao STM para não dizer que trechos do processo que ela sofreu ficam trancados num cofre“, disse o candidato.

Serra se referia à decisão do Superior Tribunal Militar de impedir o acesso durante o período eleitoral ao processo sofrido por Dilma na época do regime militar, quando a candidata petista integrou grupos de luta armada que combatiam o regime.

Essa, aliás, é uma especialidade do PT. Quer abrir o cofre constitucional dos outros e não quer abrir o cofre biográfico de seus integrantes“, disse Serra.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!