30 out 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
11:10min. 
 em 
Revoltante: Bebê morre após parto realizado com negligência em Caicó

Um caso revoltante está circulando na imprensa do Seridó.

Uma jovem senhora identificada por Carla Simone dos Santos, foi levada às 3 horas da manhã do último dia 27 de outubro para o Hospital do Seridó. Carla estava em trabalho de parto e ao ser submetida ao exame de toque,foi constatado que ela estava com um centímetro (1 cm) de dilatação.

O fato é que 8 horas após dar entrada ao hospital, a dilatação da paciente era a mesma. A jovem não conseguiria dar a luz em parto normal ao seu filho, foi aí que o médico Dr Valdemar Araújo, foi chamado para fazer o atendimento a jovem que inclusive já estava desmaiada.

Segundo relatos de familiares da paciente, Dr Valdemar se recusou a atender a vítima e mandou que os políciais do referido hospital botassem pra fora os pacientes da moça.

Carla só foi levada a sala de parto após às 15 horas, quando o marido da paciente perguntou a Dr Valdemar se ele iria deixar a jovem e a criança morrer. Como resposta, Dr Valdemar se deitou ao lado da cama simulando que também iria dar a luz e disse: “Pode morrer, até eu vou morrer um dia!”.

O parto começou a ser feito, a criança nasceu mas estava com o cordão umbilical enrrolado no pescoço e ela teve uma parada respiratória. Foi quando mãe e filha foram levadas para Currais Novos. A criança estava em estado grave e com coágulos na cabeça em decorrência do parto forçado.

A brutalidade do parto pode ser vista pelas marcas deixadas na barriga da mãe.

A criança ficou algumas horas na encubadora mas não resistiu. Familiares que esperavam uma nova benção em casa, agora levam a criança para fazer o sepultamento.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!