11 out 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
23:31min. 
 em 
Resgate dos mineiros soterrados começa nos primeiros minutos de quarta-feira

O horário foi marcado: a 0h de quarta-feira (13), começa a operação de resgate dos 33 mineiros presos há 67 dias na Mina San José, no Deserto do Atacama, Norte do Chile, a 800 quilômetros de Santiago. Os primeiros a deixar a mina já foram escolhidos: são aqueles que apresentam as melhores condição de saúde, informou o ministro chileno da Saúde, Jaime Mañalich, em entrevista à rede de televisão estatal chilena, a TVN.

O governo chileno negou o pedido feito pelos mineiros – considerado “inadequado” – para que os primeiros resgatados permaneçam no acampamento até que todos saiam e possam ser levados juntos ao Hospital Regional de Copiapó. Os mais saudáveis teriam pedido também para serem os últimos a deixar a mina, segundo informou a agência oficial de notícias do Paraguai, IPParaguay.

Mañalich disse que, entre os oito homens mais saudáveis, quatro sairão primeiro e os outros quatro, por último. Os dez mineiros mais debilitados deixarão a mina a partir da quinta retirada.

Apesar de haver uma lista prévia da ordem dos primeiros resgates, tudo pode ser alterado nos últimos momentos, antes do início da operação. O comandante da Armada chilena, Renato Navarro, explicou à TVN que quatro socorristas – dois mineiros e dois enfermeiros – entrarão na mina e farão um diagnóstico das condições de saúde dos mineiros antes de fechar a lista definitiva.

Ele acrescentou que o último homem a deixar a mina pode ser qualquer um dos socorristas e que o primeiro a descer será um mineiro, que vai avaliar os riscos de a capsula de transporte travar ou fazer ruídos fortes que possam assustar os mineiros soterrados. O trabalho de revestimento do túnel de 622 metros, por onde a capsula de resgate passará, terminou hoje (11).

Após o resgate, as 33 vítimas serão levadas para o Hospital Regional de Copiapó em aeronaves ou ambulâncias. Apesar do transporte aéreo ser mais rápido, há previsão de chuva para a região nos próximos dias e as condições meteorológicas podem impedir os voos. Hoje foi feito um ensaio do transporte dos mineiros da mina para o hospital. Enquanto durar a operação de resgate, o trânsito rodoviário será desviado para deixar o percurso totalmente livre para as ambulâncias. A população de Copiapó já se prepara para receber os confinados e cerca de 200 vizinhos organizam uma festa de boas vindas.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!