13 mar 2019
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:51min. 
 em 
STF deve discutir se casos de caixa 2 em conexão com outros crimes devem ir para a Justiça Eleitoral

STFO plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) pode definir nesta quarta-feira (13) para onde serão enviados processos abertos para apurar crimes de caixa dois, quando estes são cometidos em conexão com crimes como lavagem de dinheiro e corrupção.

A questão será debatida em um inquérito relacionado ao ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) e ao deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ). A investigação tem como base delações de ex-executivos da Odebrecht, que afirmaram que Pedro Paulo recebeu R$ 3 milhões para campanha em 2010, além de outros valores em 2014. Paes teria ajudado na intermediação.

Ainda segundo os delatores, Eduardo Paes teria recebido mais de R$ 15 milhões em 2012 para campanha à reeleição como prefeito em troca de facilitar contratos dos Jogos Olímpicos de 2016. Desde o início das investigações, Paes e Pedro Paulo negam ter cometido irregularidades.

Inicialmente, o relator do caso, Marco Aurélio Mello, havia remetido o processo para a justiça comum do Rio. A PGR, contudo, recorreu, pedindo que parte do caso fosse para a Justiça Eleitoral e outra parte, para a Justiça Federal. Marco Aurélio então levou o caso para discussão no plenário.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com