28 fev 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
19:24min. 
 em 
Senador afirma que ajuste deveria ser mais drástico

O senador Garibaldi Filho afirmou que a situação administrativa e financeira do Estado exige medidas mais drásticas do que as adotadas pelo governador Robinson Faria nestes dois meses de administração. Ele disse que ainda é cedo para fazer uma ampla avaliação do governo, mas há uma situação grave no Estado e, por isso, esperava iniciativas mais efetivas para que se chegasse a um equilíbrio. “É muito cedo ainda. Tem até aquele referência a cem dias, que talvez nem seja suficiente, mas esperava medidas mais drásticas, diante da situação que não é fácil”, afirmou Garibaldi Filho.

Garibaldi Filho lembrou que foi ministro da Previdência e, por isso, reconhece como preocupante os saques do governo do Estado nos recursos no Fundo Previdenciário. “Quando os servidores forem se aposentar vão precisar desses recursos, então é necessário uma reposição”, destacou. O senador disse que o governo federal adotou medidas para exigir uma regularidade na administração destes recursos. Nesta semana, o Ministério da Previdência negou o certificado de regularização previdenciária ao Estado.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com