29 abr 2019
 Por 
Blog do Seridó
 às 
20:26min. 
 em 
Segurança pública será prioridade em Natal, afirma prefeito Álvaro Dias

thumbnail_PHOTO-2019-04-29-11-46-19“A assinatura desses dois decretos é muito importante para todos nós Isto porque têm relação direta com as políticas públicas de prevenção à violência e reforço na segurança realizadas por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes). Com isso vamos estender o trabalho da Guarda Municipal para vários setores de Natal. A segurança pública será prioridade na nossa gestão”, destacou o prefeito Álvaro Dias ao assinar na manhã desta segunda-feira (29), no Palácio Felipe Camarão, os decretos que criam o Plano Municipal de Políticas sobre Drogas e a oficialização e regulamentação da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN).

De acordo com Álvaro Dias, a preocupação com a segurança na capital é generalizada, e a oficialização da Romu vem contribuir com a segurança. “Em que pese a atribuição da segurança pública ser do Governo do Estado, a Romu se integra à Guarda Municipal para dar mais segurança à população da capital”. E concluiu: “Estamos trabalhando para adquirir mais viaturas para a Romu e ampliar o sistema de videomonitoramento para a cidade inteira, e o efetivo da Guarda Municipal está preparado para a missão”.

Os decretos vêm somar dois fatores importantes oriundos dos manuais de segurança pública, que é a política pública de prevenção e tratamento do uso de drogas ilícitas e álcool, e o trabalho de repressão e combate a delitos por parte da força pública policial. Os decretos se completam em dois pilares de sustentação que agem no sentido de conceder mais amparo e foco na resolução dos problemas sociais de segurança pública enfrentados cotidianamente pela população natalense.

“O prefeito Álvaro Dias determinou que a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social exerça um efetivo combate às drogas, sobretudo na prevenção. Hoje as drogas são responsáveis por mais de 90% dos crimes no Brasil. Precisamos ir às escolas para ensinar as crianças sobre os malefícios das drogas”, assinalou a secretária da Semdes, Sheila Freitas.

O Plano Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas é o documento que vai orientar e definir as estratégias utilizadas no tratamento de pessoas em situação de abuso de álcool e outras drogas no âmbito da capital. Construído com a participação efetiva de órgãos estatais e da sociedade civil organizada, o Plano integra e articula de maneira permanente, não somente o setor de segurança pública, mas também todo o aparato estatal do município relacionado à assistência social, saúde, educação, direitos humanos, cultura, esporte e lazer.

O foco do Plano é a redução das desigualdades enfrentadas por pessoas vítimas da dependência química ou psíquica, formando uma rede de atendimento integrado que dê sustentação a vítima e as suas famílias, no sentido de construir um novo cenário social que traga maior e melhor qualidade de vida. Nesse campo, a Prefeitura já vem atuando com a criação do Comitê Gestor, composto por nove secretarias municipais, criação do Sistema, do Conselho e do Fundo Municipal de Política Públicas sobre Drogas.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com