16 mai 2019
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:48min. 
 em 
Representação do Movimento dos Atingidos pela Construção da Barragem de Oiticica participa de curso sobre agroecologia e biodiversidade

DSC_0237Um grupo de 50 pessoas entre agricultores/as, juventudes, mulheres e lideranças representativas do Movimento dos Atingidos e Atingidas pela Construção da Barragem de Oiticica participaram ontem, quarta-feira (15/05) do curso de agroecologia e biodiversidade no município de São Miguel, na região alto oeste Potiguar.

A metodologia do curso constou de troca de conhecimentos teóricos e saberes práticos com rodas de conversas e visitas in loco na feira da agroecologia e nas UPFs dos agricultores/as familiares de Romildo/ Lucelma/Pedro Nogueira/Claudia/ Didi/Dudu, em São Miguel. Este curso é parte do Projeto promovendo direitos socioambientais e justiça de gênero no contexto da Barragem de Oiticica.

O evento teve a articulação e realização do Seapac e Movimentos dos/as atingidos/as, com o apoio da Fundação Luterana de Diaconia, IGARN e coletivo de agricultores/as familiares agroecológico de São Miguel/RN.

O Seapac assessora e acompanha o movimento dos atingidos/as pela construção da barragem de Oiticica desde 2013 e estes cursos de capacitação e formação servem como instrumentos de conquista de  direitos socioambientais, fortalecimento organizativo da comunidade, justiça de gênero, agroecologia e preparação destas lideranças para a nova forma de vida e produção saudáveis, após, construção da nova Barra de Santana, agrovilas e barragem de Oiticica.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com