27 fev 2020
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:27min. 
 em 
Primeira transexual da FAB ganha na Justiça direito a permanecer em imóvel funcional em Brasília

maria-luizaApós uma disputa judicial que já dura 20 anos, a transexual Maria Luiza da Silva, de 59 anos, conseguiu uma decisão liminar – temporária – para permanecer no imóvel funcional da Força Aérea Brasileira (FAB) que ocupa no Cruzeiro, em Brasília. A decisão é do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Herman Benjamin e foi publicada nesta quarta-feira (26). Segundo a determinação, Maria Luiza poderá ficar no imóvel até que haja uma decisão final sobre a aposentadoria dela.

Primeira transexual das Forças Armadas brasileiras, Maria Luiza foi obrigada a se aposentar das funções em 2000, após 22 anos de serviço. Atualmente, a militar reformada recebe apenas benefício proporcional, mas busca conseguir a aposentadoria integral, com direito às promoções que poderia ter, caso não tivesse sido reformada compulsoriamente.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com