05 nov 2019
 Por 
Blog do Seridó
 às 
21:51min. 
 em 
MPRN cria gabinete de crise ambiental para acompanhar danos do petróleo

procuradoriaO Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) instituiu, nesta terça-feira (5), um gabinete de crise em razão da poluição de praias, estuários e áreas de mangue no estado, em decorrência do lançamento de petróleo em águas oceânicas brasileiras. O Gabinete de Crise Ambiental terá atuação em regime de Força-Tarefa Interestadual integrada pelos Ministérios Públicos do RN, de Pernambuco, Sergipe, Alagoas e Paraíba.

No documento, publicado no Diário Oficial do Estado, o procurador-geral de Justiça destaca que não há notícia de definição do volume de óleo e nem previsão do volume total. Também não foi especificada a localização atual, extensão e trajetória prevista da mancha de óleo, já que ainda não há a confirmação do responsável por ter lançado o material no mar.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com