28 fev 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
14:12min. 
 em 
Morre um dos gêmeos siameses separados por cirurgia

Depois de alguns dias de luta e tratamento por causa da cirurgia de separação, Arthur Brandão, um dos gêmeos siameses que nasceram em Goiânia, não conseguiu sobreviver. A criança de cinco anos faleceu na noite da última sexta feira (27), após sofrer uma parada cardíaca.

Em nota, o Hospital Materno Infantil de Goiânia informa que os irmãos foram separados na última terça feira (24), após cinco anos de preparação e mais de 14 horas de cirurgia.

A unidade informa ainda que o outro irmão, Heitor Brandão, segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Pediátrica do hospital, com febre e respirando com a ajuda de aparelhos. Não há previsão de alta.

Por respeito à família, o hospital informa que não serão agendadas entrevistas. Em entrevista coletiva, Sônia Rasmussen, coordenadora da UTI infantil do hospital, afirmou que acreditava que Arthur estava mais forte que Heitor, porém, após a separação, isso não se confirmou.

— Percebemos que o Arthur era muito dependente do irmão. Houve uma piora clínica. Ele estava com 42ºC de febre, não conseguíamos baixar. Além disso, a parada cardíaca foi fatal.

A pediatra afirmou também que Heitor vem apresentando melhoras. — Ele já está há 12 obras sem febre. Estamos apostando que ele não vai precisar muito tempo do respirador, mas isso não significa que ele não venha a ter outras complicações, pela complexidade da cirurgia.

Sônia também disse que, no momento que que Arthur piorava, Heitor, mesmo com a medicação, ficou muito agitado. — Isso foi algo que nos impressionou. Ele realmente sentiu o que o irmão estava passando.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com