05 dez 2018
 Por 
Blog do Seridó
 às 
07:41min. 
 em 
Médicos aprovam WhatsApp para falar com paciente

WhatsAppOs médicos já aderiram às novas tecnologias para falar com pacientes e aprovam as ferramentas, mas querem manter o atendimento presencial. É o que aponta levantamento feito pela Associação Paulista de Medicina (APM): 85% dos profissionais são favoráveis ao uso serviços de mensagem instantânea, como o WhatsApp, no trabalho. Além disso, 84,6% usam ferramentas de TI para otimizar o tempo de atendimento ou monitorar pacientes, mas 57,9% são contrários a consultas a distância.

“Há um grande desafio dessas tecnologias para que não afastem o médico do paciente e para que o médico não fique preso ao computador. Também precisa de regulamentação para o uso. Médicos usam muito o WhatsApp para se relacionar com o paciente, mas o que é falado não fica registrado no prontuário”, diz Antonio Carlos Endrigo, diretor de TI da APM.

Para neurologista e presidente do conselho curador do Global Summit Telemedicine & Digital Health (evento que discutirá o tema em abril de 2019), Jefferson Fernandes diz que a telemedicina já é uma realidade. “É necessário ter esse avanço, tanto o sistema público como o suplementar, porque é algo que não tem volta.”


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com