10 jan 2019
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:48min. 
 em 
MEC abre sindicância para apurar edital que permitia compra de livros escolares com erros e propagandas

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, pediu a abertura de uma sindicância para apurar a mudança do edital de livros didáticosque permitia a compra de obras com erros e propagandas. A alteração também retirava a exigência de retratar a diversidade étnica, e o compromisso com ações de não violência contra a mulher.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, “o MEC irá se pronunciar após os resultados das investigações”. Não há previsão para a conclusão do trabalho.

O caso ganhou repercussão após a divulgação pela imprensa de que o edital para compra de livros didáticos havia sofrido alteração. A primeira versão do edital é de março de 2018. Em outubro ele passou por atualização, e, em 2 de janeiro deste ano, foi publicado com mudança.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com