29 nov 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:16min. 
 em 
Justiça nega liminar para anular julgamento do caso Eliza Samudio

O desembargador Delmival de Almeida Campos, da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), negou liminar de pedido da defesa do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola. A defesa pleiteava a anulação do julgamento no qual foram condenados Bola, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão (15 anos de prisão em regime fechado), e Fernanda Castro (cinco anos em regime aberto) por envolvimento na morte de Eliza Samudio.

A alegação dos advogados era de que teria havido cerceamento da defesa, por eles não terem tido permissão para participar do julgamento que ocorreu na semana passada. O desembargador Delmival de Almeida negou a liminar pois entendeu improcedente o pedido e as alegações, mantendo a decisão tomada anteriormente.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com