27 ago 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
16:22min. 
 em 
Executiva do PDT regional recebe representação contra prefeito de José da Penha

A Executiva Nacional do PDT acolheu nesta sexta-feira (27) a representação da Juventude Socialista do PDT que pede a expulsão do prefeito de José da Penha, Abel Kayo Fontes de Oliveira (PDT), por infidelidade partidária. A representação reúne fotos e textos coletados de blogs regionais que mostram Abel Kayo, conhecido por Abel Dólar, pedindo votos para a candidata adversária da coligação “Coragem pra Mudar” (PDT-PCdoB-PRP) ao Governo do Estado.

“Não há nenhum motivo para qualquer filiado do PDT deixar de seguir a orientação do partido, já que neste ano temos uma chapa pura, isto é, o candidato a governador, Carlos Eduardo, e o vice, Álvaro Dias, são do PDT”, disse o secretário-geral do PDT no Rio Grande do Norte, Jonny Costa, acrescentando que foram feitas tentativas de contato prévio com o prefeito, que não atendia, nem retornava as ligações. Tampouco participou da convenção partidária que homologou as candidaturas de Carlos Eduardo e Álvaro Dias.

Ele mostrou as resoluções nacional e regional do PDT, formuladas respectivamente em fevereiro e maio deste ano, obrigando o cumprimento das determinações partidárias para todos os filiados e detentores de cargo eletivo. “Para o PDT, o mandato é do partido, e não pessoal”. De acordo com Kleber Fernandes, presidente da Juventude Socialista, “é injusto que um prefeito que se elegeu utilizando a legenda do partido manifeste apoio a outra coligação e desagregue valor à legenda”.

A Executiva Estadual irá entregar a representação na próxima segunda-feira (30) à Comissão de Ética do partido, que terá oito dias para decidir se dá seguimento ao processo.  Em caso de acolhimento à representação, o prefeito será notificado e terá a chance de apresentar sua defesa.

Se a representação seguir adiante, inclusive com parecer favorável da Comissão de Ética, a Executiva Estadual convocará o Diretório Regional para deliberar sobre o documento e decidir se entra com ação por infidelidade partidária contra Abel Kayo Fontes junto ao Tribunal Regional Eleitoral. Se isso acontecer, e o TRE deferir a solicitação, Abel Kayo poderá ser expulso do partido.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com