30 ago 2017
 Por 
Blog do Seridó
 às 
16:25min. 
 em 
Durante sessão, presidente do Congresso é cercado por deputados em meio a gritos, empurrões e bate-boca

A votação de um veto presidencial à proposta que estendia à área rural o cartão-reforma para famílias de baixa renda da zona rural gerou gritos, empurra-empurra e o presidente do Congresso e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), sendo literalmente cercado por deputados indignados porque ele encerrara a votação. Eunício encerrou a votação sem todos os líderes falarem _ em especial da oposição _e, na prática, evitou uma derrota do governo.

Na prática, o presidente do Congresso acabou ajudando o Palácio do Planalto, porque o veto foi mantido e o governo corria o risco de ser derrotado na votação. Irado, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) subiu à Tribuna indignado. Um livro foi arremessado e teria sido pelo líder do PDT, Weverton Rocha (MA). O gaúcho Pompeu de Matos (PDT-RS) sacudia seu chapéu e gritava com Eunício.

_ Não tenho medo de gritos! Não tenho! Jogaram um livro em direção à essa Mesa. Mas essa Mesa não tem medo de grito e de cara feia _ dizia Eunício, cercado por seguranças que fizeram um cordão de isolamento em torno dele e daqueles que estavam sentados à Mesa do plenário.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com