06 out 2016
 Por 
Blog do Seridó
 às 
14:05min. 
 em 
Cientistas determinam tempo máximo para vida dos seres humanos

Ninguém é capaz de bater o recorde da pessoa que viveu mais tempo na história, 122 anos, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira (5), que afirma ter encontrado um ´teto´ para o tempo máximo da vida humana.

Analisando dados demográficos de mais de 40 países ao redor do mundo, pesquisadores de Nova York descobriram que o limite para o aumento do tempo máximo de vida, em curso há vários anos, ´já foi atingido´ na década de 1990.

O limite foi alcançado em 1997 – o ano em que a francesa Jeanne Calment morreu com a idade recorde de 122 anos e 164 dias. ´A tendência desde então para as pessoas mais velhas do mundo tem sido em torno de 115 anos de idade´, disse à AFP o coautor do estudo Brandon Milholland, do Albert Einstein College of Medicine. Isto aconteceu apesar de a expectativa de vida média continuar aumentando, conforme a assistência médica, a nutrição e as condições de vida melhoram.

Em outras palavras, mais pessoas estão vivendo em idade avançada nos dias de hoje, mas os indivíduos com vidas excepcionalmente longas não estão envelhecendo tanto quanto antes. ´Prevemos que esta (tendência) permanecerá estável no futuro próximo´, disse Milholland.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com