30 ago 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
23:33min. 
 em 
Carlos Eduardo vai procurar iniciativa privada para concluir o Aeroporto de São Gonçalo

O candidato a governador Carlos Eduardo Alves, da Coligação Coragem pra Mudar, disse nesta segunda-feira (30) que vai procurar a iniciativa privada para fazer o aeroporto de São Gonçalo do Amarante, se for eleito governador do Rio Grande do Norte. A garantia foi dada durante entrevista à imprensa na Redinha, antes de uma caminhada na Comunidade África, Zona Norte de Natal.

Segundo ele, uma das prioridades do seu governo será o Turismo, e para isso precisará concluir o aeroporto, investir em saneamento básico, na capacitação profissional e na divulgação do Rio Grande do Norte como destino turístico. “Vamos mostrar Natal, seu povo e as belezas naturais do Rio Grande do Norte para atrair o turista”, explicou Carlos Eduardo.

Ele visitou a Comunidade África, na Redinha, na tarde desta segunda, para uma caminhada e conversas com os moradores. Entre abraços e outras manifestações espontâneas de apreço, ouviu várias reclamações dos habitantes locais, especialmente em relação à segurança pública.

Carlos Eduardo percorreu uma distância aproximada de dois quilômetros ao longo das ruas Padre Cícero Romão, Rua Nova, Rua Manoel Caetano, Travessa Gameleira e Rua São Luiz, antes de falar à população da Redinha na Praça do Cruzeiro. Lá, quando prefeito de Natal, ele construiu a lagoa de captação e reformou o Mercado da Redinha.

“Estive aqui na Redinha inúmeras vezes como prefeito de Natal, e vou voltar como governador”, disse ele, lembrando que sempre prestigiou os carnavais e as festividades religiosas da Redinha. “Vamos investir na segurança e apoiar as manifestações culturais desta comunidade, como sempre fizemos na época em que estávamos na Prefeitura”, relembrou.

Na sua gestão como prefeito de Natal, Carlos Eduardo saneou, drenou e pavimentou as ruas da ex-favela da África, construiu a escola municipal, reformou 600 casas e construiu 400 novas moradias. “A África tinha uma história de abandono: era um mar de lama no inverno e uma nuvem de poeira no verão. Hoje, vocês moram com dignidade aqui”, concluiu.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com