14 abr 2019
 Por 
Blog do Seridó
 às 
15:08min. 
 em 
Após quatro adiamentos, acusados de planejar morte de radialista no RN devem ser julgados amanhã

fgomes_radialista_francisco_gomes_de_medeiros_18out2010_caico_rn_465Após ser adiado quatro vezes, deve enfim ser realizado nesta segunda-feira (15) o júri popular unificado do ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral e do comerciante Lailson Lopes, o ‘Gordo da Rodoviária. Ambos são acusados de planejar a morte do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes – assassinado a tiros em 18 de outubro de 2010 na cidade de Caicó, na região Seridó potiguar. O julgamento está marcado para começar às 8h, no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, Zona Sul de Natal.

A última vez que o júri foi adiado foi no dia 24 de março. Na ocasião, o julgamento chegou a ser iniciado, mas Lailson Lopes se recusou a ser defendido pela Defensoria Pública e acabou recebendo voz de prisão. O ex-pastor Gilson Neudo, que já aguardava o julgamento preso, voltou para o sistema prisional. Já o comerciante, saiu do Tribunal do Júri algemado e também foi conduzido para o sistema carcerário.

Antes disso, em julho de 2017, Lailson já havia dispensado seu advogado e ficou sem defesa assim que a sessão começou. Diante da situação, não restou alternativa senão a magistrada marcar uma nova data para o júri.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com