08 dez 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
15:42min. 
 em 
Festa de Sant’Ana de Caicó pode se tornar patrimônio cultural brasileiro

Com o objetivo de ampliar o número de bens culturais protegidos, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan avalia nesta quinta-feira (09) e na sexta-feira (10), por meio do seu Conselho Consultivo, novas propostas de patrimônio cultural brasileiro. Entre as propostas de tombamento a serem avaliadas pelo colegiado está a Festa de Sant’Ana de Caicó.

A Festa de Sant’Ana, no município de Caicó, ocorre há mais de 260 anos e reúne diversos rituais religiosos, profanos e outras manifestações culturais. A festa está enraizada na história de Caicó, remontando a formação da sociedade brasileira no período da colonização.

Ocorre todos os anos, entre a quinta-feira anterior ao dia 26 de julho, dia de Sant’Ana, até o domingo seguinte. Os dias da comemoração incorporam outras manifestações culturais, com destaque para a produção das comidas típicas e a confecção do artesanato sertanejo, como os bordados do Seridó, que chegaram à região pelas mulheres dos colonizadores portugueses.

A Festa pode se tornar a quarta manifestação cultural a ser inscrita do Livro das Celebrações como Patrimônio Cultural do Brasil. A primeira celebração registrada foi o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, em Belém do Pará, em outubro de 2004. A segunda, foi a Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis, em Goiás, em maio de 2010, e a terceira, o ritual Yaokwa do povo indígena Enawene Nawe, do Mato Grosso, em novembro deste ano.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!