19 set 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:04min. 
 em 
Estudante que praticou xenofobia em redes sociais, teve aumento de pena

Mayara Petruso, conhecida como a garota que queria afogar os nordestinos, foi condenada a um ano, cinco meses e 15 dias de reclusão. O Ministério Público já avisou que pretende recorrer da decisão da Justiça Federal, considerando tal pena branda demais.

Segundo a Justiça Federal, Mayara Petruso já teve muitos problemas por causa desse ato e por isso a pena seria reduzida. Mayara perdeu o emprego, saiu da faculdade e passou a viver reclusa, teve inclusive que mudar de cidade.

Essa explicação da justiça, para a redução da pena, já está sendo considerada polêmica, afinal, a justiça estaria considerando a justiça feita pelo povo e isso é perigoso. Ela não ficará na cadeia, pagará uma multa irrisória de R$620,00, além de ter de prestar serviços à comunidade.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!