15 jan 2011
 Por 
Blog do Seridó
 às 
16:32min. 
 em 
Envolvido na morte do ex-prefeito de Santa Luzia é assassinado em João Pessoa

Edmilson Paredes Morais, de 43 anos, conhecido por “Ninão”, um dos acusados na morte do ex-prefeito do município de Santa Luzia, no sertão paraibano, Itó Morais, foi assassinado com três tiros.

O homicídio aconteceu na manhã deste sábado (15), no Conjunto Altiplano do Cabo Branco (foto: WSCOM), em João Pessoa, por volta das 5h, na Rua João Cirilo, em frente ao condomínio Vila Real, número 1700, no Conjunto Altiplano do Cabo Branco.

De acordo com a polícia, Ninão (foto: Sertão PB) foi morto quando pilotava uma moto de placa NPX – 6008. Há informações de testemunhas de que, antes de ser morto, ele estaria sendo seguido por três homens em um carro que não foi identificado.

As investigações da polícia estão voltadas, a partir de agora, para saber quem foram os autores e o que motivou o crime. Os disparos atingiram Edmilson Paredes nas costas e ele morreu ainda no local do crime.

 O crime

O assassinato do ex-prefeito do Município de Santa Luzia, Itó Morais, ocorreu no dia 26 de maio de 2002, quando ele retornava de uma festa junina na cidade.

O ex-prefeito foi assassinado durante a madrugada na entrada de sua fazenda na cidade de Santa Luzia, juntamente com o seu motorista. Itó Morais era primo do atual secretário de Infraestrutura do Estado da Paraíba e ex-senador Efraim Morais (DEM).

Com informações do Correio da Paraíba e Sertão PB

Compartilhe:

1 Comentário

  1. Flavieny disse:

    Gente ele é meu tio eu chorei mt agr eu tou chorando tbm te amo tio nino

Deixe o seu comentário!