13 out 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
13:29min. 
 em 
Energia Pré-Paga: Novidade deve vigorar ano que vem no Brasil

A energia pré-paga deve vigorar no país no primeiro semestre de 2013. Mas os órgãos e institutos de defesa do consumidor acreditam que essa modalidade deixará parte da população mais vulnerável em situação de risco devido ao corte imediato do serviço ao término do crédito. O sistema funciona de forma semelhante a outros do gênero. A recarga poderá ser feita por telefone, internet e nos postos de recarga. Haverá um valor mínimo, de 1 Kwh, com custo de R$ 0,50, mas não existe um limite para a recarga, que também não terá validade. O consumo vai ser medido por um aparelho na residência. Quando os créditos estiverem perto do fim, um sinal sonoro e visual do aparelho vai alertar o consumidor a fazer a nova recarga.

Para as concessionárias de energia, as vantagens são as reduções da inadimplência, dos gastos com mão de obra na medição, dos custos com a emissão de contas e do número de reclamações por suspensão e faturamento incorretos. Os consumidores teriam mais controle do consumo e não vão pagar a tarifa básica de energia. Esse tipo de modalidade de fornecimento deve ter como clientes pessoas com renda irregular ou inadimplentes com as concessionárias, estimam os especialistas.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!