09 jun 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
15:01min. 
 em 
Delegado é preso no interior do estado

O Delegado de Polícia Civil Pedro Melo do Nascimento, de 55 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (09), acusado de cometer crimes de concussão, corrupção passiva e coação, enquanto exercia a função de titular da Delegacia de Polícia de Jucurutu, há dois anos. A prisão preventiva foi decretada pela juíza da comarca da mesma cidade, Manuela de Alexandria Fernandes.

O delegado é acusado de ter exigido vantagem indevida para si no exercício da função, ao longo do ano de 2008, para não investigar nem coibir o jogo do bicho na cidade de Jucurutu. De acordo com as investigações, Pedro Melo do Nascimento recebia, semanalmente, pagamentos dos proprietários das bancas, que em troca não eram presos nem tinham a atividade reprimida.

Além disso, o delegado não cumpriu, na época, uma determinação do Ministério Público de instaurar Termos Circunstanciados que registrassem as contravenções que ocorriam no município. Em vez de atender ao pedido, Pedro Melo do Nascimento teria convocados todos os “bicheiros” exigindo uma nova quantia em dinheiro em favorecimento próprio, deixando de cumprir com o que lhe foi determinado.

Outra acusação contra o delegado é de que ele teria ameaçado, durante as investigações, prender e agredir uma testemunha que pretendia denunciá-lo. O secretário de Segurança do Estado, Cristovam Praxedes, destaca que policiais com este tipo de conduta não ficarão impunes. “Estamos procurando punir aqueles que não cumprem corretamente com os seus deveres e denigrem a imagem da polícia”, afirma.

O delegado Pedro Melo do Nascimento é natural de Aroeira/PB e está na Polícia Civil desde o ano de 2004. Além de Jucurutu, já atuou nas cidades de Mossoró, Caicó e Parelhas. Em Natal, atuou na Delegacia da Mulher e, atualmente, ocupava o cargo de delegado da cidade de Touros.

Após receber voz de prisão, o delegado foi encaminhado à Delegacia de Capturas (Decap) e se encontra à disposição da Justiça.

Corregedoria

Na Corregedoria de Polícia, Pedro Melo do Nascimento já responde por três processos, sendo um por agressão, ocorrida na cidade de Mossoró; outro por prisão irregular, em Caicó, quando uma pessoa foi presa ilegalmente e cometeu suicídio dentro da delegacia; e outro por liberação de veículo com identificação adulterada

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!