19 fev 2019
 Por 
Blog do Seridó
 às 
02:00min. 
 em 
Bebianno é demitido 5 dias após ser chamado de mentiroso por filho de Bolsonaro

bebianoO porta-voz do governo de Jair Bolsonaro, Otávio Rêgo Barros, confirmou nesta segunda, 18, que o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, sairá do cargo. Ele é o protagonista da maior crise nos primeiros meses do novo governo, suspeito de irregularidades em campanhas do PSL e envolvido em rusgas com um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ).

Em nota lida pelo porta-voz, Bolsonaro deseja “sucesso na nova caminhada” e agradece Bebianno por sua “dedicação”. Ele disse que o motivo para a demissão do ministro é assunto de “foro íntimo” do presidente. Rêgo Barros também disse que “desconhece a informação” de que um outro cargo teria sido oferecido a Bebianno como alternativa para deixar a pasta por conta própria, como foi noticiado.

O porta-voz confirmou que o general Floriano Peixoto Vieira Neto é o novo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, conforme antecipou o Estado. O porta-voz afirmou que Floriano ocupará a pasta “de forma definitiva”. “Não há possibilidade de mudança na estrutura da pasta”, disse Rêgo Barros.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!