30 dez 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
19:58min. 
 em 
Ao sair do hospital, Junior Cigano reconhece a derrota e pede revanche

Junior Cigano na saída do hospital, em Las Vegas, após a derrota para Cain Velásquez (Foto: Marcelo Russio / SporTV.com)

Apesar das marcas da luta contra Cain Velásquez no rosto, o brasileiro Junior Cigano não perdeu o bom humor ao deixar o hospital para o qual foi levado, em Las Vegas, após o UFC 155. Sem ter participado da entrevista coletiva do torneio, o lutador seguiu direto para fazer exames.

Acompanhado da esposa, Vilsana, e da assessora, Ana Cláudia Guedes, o lutador deixou o setor de traumatologia brincando com os funcionários e dizendo que estava se sentindo apenas “um pouco inchado”. Depois, analisando a luta, Cigano reconheceu que usou a estratégia errada, e que deveria ter usado mais o jiu-jítsu quando estava no chão.

O brasileiro, que fica nos EUA até o dia 14 de janeiro, aproveitou para pedir que a terceira luta contra Velásquez seja marcada logo. “Eu quero já, logo. Eu venci a primeira e ele teve a revanche. Agora eu perdi e quero a minha revanche. Estou dizendo que quero essa luta. Vou recuperar o meu cinturão.”.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!