18 nov 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
05:49min. 
 em 
AGU vai recorrer de decisão da Justiça sobre segunda aplicação do Enem

A Advocacia-Geral da União (AGU) irá recorrer da nova liminar concedida ontem (17) pela Justiça Federal no Ceará que estende a todos os candidatos prejudicados pelas falhas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a possibilidade de refazer a prova.

De acordo com o órgão, a medida adotada pelo Ministério da Educação (MEC) para reparar os estudantes “eventualmente” prejudicados é justa e assegura o direito dos alunos.

O MEC pretendia reaplicar o Enem apenas para um grupo de alunos que receberam cadernos de prova amarelos que não continham todas as 90 questões por um erro de montagem.

O número está sendo levantando pelo ministério e ainda não há nova data para a segunda aplicação.

Com a decisão da juíza Karla Maia, o direito a refazer o exame se estende também a todos os alunos que tenham sido prejudicados pela troca dos cabeçalhos das provas na folha de respostas. As questões de 1 a 45 eram de ciências da natureza e de 46 a 90 de ciências humanas, mas estavam identificadas de forma invertida.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!