03 jul 2011
 Por 
Blog do Seridó
 às 
22:50min. 
 em 
Acusações do Chefe do Gabinete Civil do Governo a Fiern causam polêmica

As acusações de Paulo de Tarso Fernandes feitas ao comando da FIERN, de que o órgão fez lobby contra o RN e defendeu interesses de outros Estados, concedida ao jornal “O Poti” de hoje, agitou o quadro político do Estado. Neste mesmo domingo já provocou reações, pois o presidente da FIERN, Flávio Azevedo, marcou uma entrevista coletiva para amanhã com a finalidade de rebater essas declarações.

Paulo de Tarso afirmou na entrevista, que a FIERN fez um lobby na CCJ da Assembléia Legislativa, representando as indústrias paulistas na questão do Proimport. O Chefe do Gabinete Civil também falou sobre a emenda aprovada na CCJ sobre as dívidas do Estado, quando a Comissão se recusou a aceitar a proposta do governo com relação ao leilão das dívidas. Ele informou ainda que na sua avaliação essa emenda apenas dificultará a vida dos credores do governo, mas que a Comissão não tem poder de decisão sobre o caso, que vai ser analisado pela Comissão de Finanças.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!